23 de dez de 2013

Restaurante Aogobom [gr]

| por Gustavo Romero |

Num sábado pela manhã, eu estava circulando pela região do Rio Vermelho para resolver alguns assuntos pessoais, quando me lembrei do Restaurante Aogobom. Embora ainda fosse cedo (era pouco antes do meio-dia), achei que valia à pena aproveitar a oportunidade para mastigar por lá!

Restaurante Aogobom

Localização e estacionamento

O endereço do restaurante (R. Oswaldo Cruz) me enganou algumas vezes, pois, na verdade, apenas a lateral dele fica nesta rua. A entrada fica em frente à Praça Brigadeiro Faria Rocha, na mesma rua em que funciona a Companhia da Pizza e quase em frente ao Porto Caymmi. Se estiver difícil, no final da resenha você encontra um link para o mapa do local! ;)

Restaurante Aogobom: Fachada
A fachada do Restaurante Aogobom
Restaurante Aogobom: Fachada
A fachada do Restaurante Aogobom
A rua é bem estreita e movimentada, de modo que é um pesadelo encontrar uma vaga para estacionar. No entanto, o fato de ser um sábado, antes das 12h00 e, ainda, perto do Natal (quando a cidade está um pouco mais vazia), acabei conseguindo estacionar sem grandes dificuldades.

Ambiente e atendimento

O restaurante é muito simples. O seu interior conta com mesas fixas de madeira e cadeiras de plástico. Nas paredes, alguns elementos decorativos fazem lembrar que o local é administrado por uma família chinesa japonesa. Apesar da existência de alguns condicionadores de ar no pequeno salão, eles estavam desligados e o ambiente estava abafado. Existem também cadeiras no calçadão externo, mas eu as evitei em virtude de o dia estar chuvoso e pelo fato de um caminhão de cerveja estar descarregando a mercadoria bem em frente.

Restaurante Aogobom: Ambiente
O ambiente do Restaurante Aogobom
Restaurante Aogobom: Ambiente
O ambiente do Restaurante Aogobom
Eu já tinha ouvido falar mal do atendimento do local, mas a minha experiência foi positiva. É bem verdade que os proprietários não estavam presentes (ao menos, não enxerguei ninguém com características físicas que me lembrassem as do fenótipo chinês japonês), mas as atendentes que me receberam estavam bem-humoradas e atenderam muito bem, não somente a mim como a outros clientes.

Comida

O restaurante oferece um Buffet a Quilo pequeno, mas bem diversificado, com opções interessantes. Na primeira parte, encontrei Saladas diversas, algumas Frutas, uma pequena variedade de Hossomakis e Rolinhos Cozidos de Legumes. Em seguida, estavam disponíveis os Pratos Quentes, com opções como Yakissoba, Arroz Chop Suey, Frango Xadrez, Omelete de Nirá, Rolinho Frito de Queijo, Bolinho de Batata Doce, Costelinha de Porco, dentre outras. A crítica é que pouquíssimos pratos estavam identificados com as etiquetas (posteriormente ouvi uma das atendentes comentando que "não deu tempo"), o que fez com que muitos clientes ficassem perguntando o que eram algumas das opções.

Restaurante Aogobom: Buffet
O Buffet do Restaurante Aogobom
Restaurante Aogobom: Buffet
O Buffet do Restaurante Aogobom
Restaurante Aogobom: Buffet
O buffet do Restaurante Aogobom
Fugindo um pouco do padrão a que estamos acostumados, a comida é muito leve! A sensação é a de que se está mastigando uma refeição caseira! As poucas frituras não estavam muito oleosas e, no geral, nada "pesou no estômago". Ah, sim, o sabor também agradou bastante!

Restaurante Aogobom: Prato com opções do Buffet e Suco de Abacaxi com Hortelã
Um prato com as opções do Buffet  e o Suco de Abacaxi com Hortelã do Restaurante Aogobom
Para beber, além do tradicional (refrigerantes, sucos em lata etc.), existiam 4 jarras grandes de Sucos de Fruta, dentre os quais eu optei por um copo de Suco de Abacaxi com Hortelã. Saboroso e refrescante, apesar de não estar muito gelado.

Restaurante Aogobom: Opções de Sucos
As opções de Sucos do Restaurante Aogobom
Para encerrar, a Sobremesa. A intenção era mastigar o famoso Cheesecake, indicado por todos, mas, para minha tristeza, ele não estava disponível, por uma falha da fornecedora. A solução foi mastigar o Pavê de Capuccino, muito saboroso! Fechou com chave de ouro esta deliciosa aventura gastronômica!

Restaurante Aogobom: Pavê de Capuccino
O Pavê de Capuccino do Restaurante Aogobom
Somente na fila para efetuar o pagamento é que vi o cartaz informando que eles comercializam os Picolés da marca Melona, de origem coreana. O rapaz que estava logo depois de mim na fila, ao ouvir eu perguntar de que se tratava, disse que eles são imperdíveis! Mais um motivo para voltar lá!

Preço

O valor do Buffet é R$ 39,90/kg, um preço que me pareceu um pouco alto, especialmente considerando-se a estrutura do local. Mas, não chega a ser um absurdo, e está coerente quando se avalia a qualidade da comida. O Suco é proporcionalmente mais barato: apenas R$ 2,80 o copo. O Pavê custou R$ 8,00.

Conclusão

O Aogobom é uma ótima opção para quem curte a culinária chinesa mas prefere algo um pouco mais leve e saudável. O viés "caseiro" dos Pratos é um diferencial muito interessante, que justifica mastigar no local mais vezes!

Serviço

Restaurante Aogobom
R. Oswaldo Cruz, 266 (ver mapa)
Rio Vermelho
(71) 3334-2282

8 comentários:

  1. Respostas
    1. Omelete Man, realmente a culinária do local encanta!

      Excluir
  2. Os donos chineses venderam o restaurante para um casal que morou no japao. A equipe continua a mesma. Melhor restaurante desse tipo da cidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo, obrigado pela informação! Vamos corrigir o texto.

      Excluir
    2. Gustavo
      O donos originais chineses voltaram. São muito simpáticos.
      Vale a penas voltar lá para bater um papo com eles.
      Comida e sobremesa é um delicia, como sempre.

      Excluir
    3. Isso mesmo, D. Diana e Sr. Hwa estão de volta, com a simpatia que lhes são peculiar. A qualidade continua a mesma. Vale a pena conferir!

      Excluir
  3. Senhores

    Para a minha alegria, ao retornar a este local tive a feliz surpresa de encontrar o originais proprietários do estabelecimento. Dois velhinhos muito simpáticos que voltaram a dirigir o estabelecimento. Como sugestão ao Mastigando em Salvador, retornar ao local e reavaliar tudo. A sardinha servida gelada é de outro mundo. Tudo muito saudável e com muito amor. A proprietária vem até a sua mesa perguntar como esta a comida. Ganhei o sábado.

    Não deixe perder coisas originais e feito com carinho como essa casal faz em nossa Salvador. Não deixe ser como a Perine e a Sorveteria da Ribeira que perdeu a originalidade em detrimento a benefícios comerciais.

    Um grande abraço e parabéns ao Mastigando em Salvador.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. droapd A8x market sem conexão, bacana, bom saber!

      Excluir

Os comentários no Mastigando em Salvador são muito bem vindos, mas deverão passar por um processo de moderação prévia. Para conhecer os critérios da moderação, consulte a nossa política de comentários, acessando: http://www.mastigandoemsalvador.com.br/p/politica-para-comentarios.html.

Resumidamente, os comentários que poderão ser rejeitados são aqueles que:

- Estejam fora do contexto do objeto da postagem e/ou do blog;
- Utilizem linguagem ofensiva e/ou incompreensível;
- Contenham injúrias, calúnias ou difamações, a respeito de quem quer que seja;
- Demonstrem claramente a intenção, por parte do autor do comentário, de tumultuar e/ou de desarmonizar o clima do blog;
- Contenham propaganda (spam); ou
- Contenham links externos, salvo quando forem fortemente relacionados ao objeto da postagem.

Os comentários publicados NÃO representem a opinião do blog Mastigando em Salvador e da sua equipe, e todo o seu conteúdo é de responsabilidade exclusiva dos seus respectivos autores. Nós não nos responsabilizamos por eles.

Caso tenha alguma dificuldade em fazer um comentário, verifique se está utilizando o navegador MS Internet Explorer. Alguns leitores tem reportado problemas para comentar utilizando este navegador. Esta situação está fora do nosso controle e não pode ser corrigida por nós.

Tecnologia do Blogger.