29 de set de 2014

Romã Restaurante Natural [ch]

| por Catarine Heiter |

Recentemente fizemos mais uma visita ao Pelourinho e decidimos mastigar no Romã Restaurante Natural, antigo Ramma (que continua funcionando na Barra). Uma pequena mudança no nome, mas nenhuma mudança no local em si!

Romã Restaurante

O restaurante fica localizado na Praça do Cruzeiro de São Francisco, pertinho do Hotel Villa Bahia e seu charmoso restaurante, e por funcionar no segundo andar de um sobrado, é importante ficar de olho nas placas (na parede e no chão) para localizá-lo com precisão. 

Romã Restaurante Natural: Fachada
A fachada do Romã Restaurante Natural
Romã Restaurante Natural: Placa com opções do dia
A placa do Romã Restaurante Natural com as opções do dia
Ao subir uma linda escadaria o cliente se depara com um salão com muita luz natural, brisa e cores! Dá para perceber o carinho em cada detalhe da mesa, dos canteiros, dos vasinhos na sacada... Um encanto! Nós chegamos muito cedo e tivemos a sorte de encontrar o local bem pouco movimentado e, por essa razão, escolhemos ficar bem próximos da janela para aproveitar a brisa e a vista local. Enquanto aguarda, o cliente pode até fazer umas comprinhas, já que o local oferece umas prateleiras repletas de produtos em consonância com a proposta da casa. 

Romã Restaurante Natural: Escada de acesso
A escada que dá acesso do Romã Restaurante Natural
Romã Restaurante Natural: Ambiente
O ambiente do Romã Restaurante Natural
Romã Restaurante Natural: Ambiente
O ambiente do Romã Restaurante Natural
Romã Restaurante Natural: Ambiente
O ambiente do Romã Restaurante Natural. No canto esquerdo, produtos à venda.
O buffet é outra boa surpresa. Nós já sabíamos que o foco do Romã era a cozinha natural e já fomos esperando encontrar variadas opções neste sentido. Não nos decepcionamos! Tanto o Buffet de Saladas, quanto o de Pratos Quentes garantem uma excelente refeição mesmo para quem não é adepto de uma alimentação mais "natureba".

No Buffet de Saladas encontramos não só aqueles Pratos triviais, como também itens menos comuns no dia a dia de buffets a quilo (Guacamole, Ervilha Germinada, Folhas Verdes Orgânicas, Brotos, Tofu etc.). Já nos Pratos Quentes, no dia da nossa visita, observamos pratos da culinária baiana e muitas alternativas ao consumo de proteína animal. Pesados à parte, havia os Filés de Peixes. Atenção: O Romã não é um restaurante vegetariano ou especializado em dietas restritivas, mas se você não come proteína animal ou é celíaco, por exemplo, vai se dar muito bem por lá!

Romã Restaurante Natural: Buffet de Saladas
O Buffet de Saladas do Romã Restaurante Natural
Romã Restaurante Natural: Buffet de Pratos Quentes
Parte do Buffet de Pratos Quentes do Romã Restaurante Natural
Romã Restaurante Natural: Buffet de Pratos Quentes
Parte do Buffet de Pratos Quentes do Romã Restaurante Natural
Dizem que o colorido aguça o apetite e foi isso que aconteceu! Nós nos empolgamos bastante com as opções de Pratos e recheamos a nossa refeição com quase tudo o que estava disponível. Gustavo, por exemplo, preferiu mastigar em duas etapas: primeiro as Saladas e, em seguida, os Pratos Quentes. 

Romã Restaurante Natural: Prato com opções do Buffet de Saladas e de Pratos Quentes
Prato com opções dos Buffets de Saladas e de Pratos Quentes do Romã Restaurante Natural
Romã Restaurante Natural: Prato com opções do Buffet de Saladas
Prato com opções do Buffet de Saladas do Romã Restaurante Natural
Romã Restaurante Natural: Prato com opções do Buffet de Pratos Quentes
Prato com opções do Buffet de Pratos Quentes do Romã Restaurante Natural
 Adoramos tudo o que mastigamos e não existiu esse ou aquele item que pudesse ser classificado apenas como bom. Apenas o Falafel não conseguiu conquistar Gustavo, mas veio parar no meu prato rapidinho!

Para beber, optamos por Sucos Naturais. Tangerina para mim, Laranja para ele. Ambos deliciosos e refrescantes!

Romã Restaurante Natural: Sucos naturais de Laranja e de Tangerina
Sucos naturais de Laranja e Tangerina do Romã Restaurante Natural
Havia Sobremesas? Sim! Mas acabamos optando por deixar esta etapa para outro local, que você confere na próxima resenha! ;)

Pelo buffet se paga R$ 47,90/kg e a nossa conta totalizou R$ 67,00. Achamos a relação custo X benefício muito boa se considerarmos o estilo e qualidade da refeição, ambiente e excelente atendimento.

Com certeza, se nós morássemos perto, faríamos do Romã uma parada obrigatória durante a semana. Muito fácil manter uma alimentação saudável diante de tantas opções nutritivas e deliciosas! Viramos fãs!

Romã Resturante Natural
Praça do Cruzeiro de São Francisco, 07 - Pelourinho (ver mapa)

24 de set de 2014

Sabor da Pizza [gr]

| por Gustavo Romero |

Nós recebemos muitas (muitas mesmo!) sugestões de leitores, então, como não conseguimos ir conferir todas, geralmente escolhemos aquelas que nos parecem mais interessantes. Quando, através do Instagram, recebemos a sugestão para visitarmos a Sabor de Pizza, o ponto decisivo para irmos até lá foi o fato de as Pizzas do local serem feitas com Massa de Batata! É ou não é algo interessante? :)


Localização e estacionamento

A pizzaria está localizada na Av. Joana Angélica, em Nazaré. Não é complicado chegar ate o local, mas o mesmo não pode ser dito em relação a estacionar o carro. Nós escolhemos um domingo à noite para ir até lá, o que amenizou bastante este quesito, mas, em dias de maior movimento, ele pode se tornar um problema.

Sabor da Pizza: Fachada
A fachada da Sabor de Pizza
Ambiente e atendimento

Logo que chegamos à pizzaria, notamos que ela estava lotada. Pensamos que teríamos que ficar na fila de espera, mas, surpresa!, eles criaram uma "filial" quase em frente à pizzaria original, e a garçonete sugeriu que fôssemos até lá. A "filial" estava quase vazia, mas isso não durou muito tempo.

Sabor da Pizza: Fachada
A fachada da 'filial' da Sabor de Pizza
O ambiente é bem iluminado e pode ser classificado como "arrumadinho", sem, no entanto, nenhum item extra de conforto ou sofisticação. Na verdade, o grande problema da "filial" é ser um salão quase que totalmente fechado, com azulejos em todas as paredes. Esta estrutura faz com que o som reverbere absurdamente e, quando um grupo de jovens, vindos de um show, chegou, o barulho da conversa animada incomodou bastante. A "matriz" não parece sofrer deste mal, mas não tivemos a oportunidade de conferir com a atenção que gostaríamos.

Sabor da Pizza: Ambiente
O ambiente da 'filial' da Sabor de Pizza
O atendimento foi estranho. A garçonete não conseguia memorizar o nosso pedido, ainda que estivesse munida de papel e caneta. Foi preciso repetir duas vezes. Ao menos o pedido foi entregue corretamente, apesar da espera de mais de 30 minutos.

Todos esses elementos nos fazem recomendar que se escolha o serviço de delivery.

Comida e preço

Mas, vamos ao que realmente interessa: as Pizzas! São listados aproximadamente 40 sabores no cardápio, desde os mais simples (Mussarela, Calabresa, Presunto) até sabores mais elaborados, sem esquecer das Pizzas doces. Não há variação de preço em função do sabor; os preços são R$ 31,00 para o tamanho médio, R$ 33,00 para o grande e R$ 35,00 para o família, sendo que qualquer tamanho dá direito a um refrigerante de 1 litro.

Embora a relação custo x benefício da Pizza família seja muito melhor, acabamos optando pelo tamanho médio, pois estávamos com pouco apetite. Foi uma decisão acertada, pois a Pizza é grande e a Massa de Batata acaba gerando a sensação de saciedade mais rapidamente. Observamos que muitos clientes preferem as Pizzas maiores e acabam não aguentando mastigar tudo, sendo necessário pedir a boa e velha "quentinha" que, no caso da Sabor de Pizza, é papel alumínio mesmo.

E por falar na Massa de Batata, achamos bastante curioso o fato de que, embora seja um diferencial e tanto, existe apenas uma minúscula menção ao fato no cardápio, e a garçonete nem mesmo o citou. Acreditamos que o local deveria explorar melhor esse "detalhe"...

Após os mais de 30 minutos de espera, eis a nossa Pizza! Escolhemos os sabores Sabor da Pizza (Peito de Peru Defumado, Pêssego e Azeitonas) e Tropical (Mussarela, Palmito, Pimentão, Milho, Ervilha, Tomate, Cebola e Azeitonas).

Sabor da Pizza: Pizza metade Sabor da Pizza metade Tropical
A Pizza média metade Sabor de Pizza metade Tropical da Sabor de Pizza
Sabor da Pizza: Pizza metade Sabor da Pizza metade Tropical
A Pizza média metade Sabor de Pizza metade Tropical
Ela estava bem apresentada e bastante recheada! O sabor Sabor de Pizza beira o conceito gourmet, ao misturar Carne de Ave com Pêssego, e o resultado foi muito feliz. O sabor adocidado do Pêssego estava discreto e harmonizou-se muito bem com o Peru. Por sua vez, o sabor Tropical é um festival de cores e sabores! O resultado final também agradou bastante!

Sabor da Pizza: Fatia da Pizza no sabor Tropical
Uma fatia da Pizza no sabor Tropical da Sabor de Pizza
Mas, e a Massa de Batata? Bem, ela é, de fato, bem diferente do tradicional. A espessura da Pizza é mais alta do que o que estamos acostumados e a sensação é de uma Massa mais densa que, como dito anteriormente, faz com que a saciedade chegue rapidamente. Em termos de sabor propriamente dito, não se nota tanta diferença, até porque os recheios acabam sendo as estrelas da Pizza. Em linhas gerais, agradou, mas, pessoalmente, eu esperava um pouco mais.

Conclusão

A Sabor de Pizza merece destaque ao preocupar-se em inovar, com uma Massa diferente da tradicional e trabalhar com alguns sabores bem elaborados. Os ingredientes parecem ser de boa qualidade e o preço é bastante amigo. Entretanto, A dificuldade de estacionamento e o ambiente pouco agradável sinalizam que a melhor opção é pedir a Pizza para mastigar em casa. Vale bastante à pena para quem está perto da região, mas, como este não é o nosso caso, valeu mais pela curiosidade.

Serviço

Sabor de Pizza
Av. Joana Angélica, 1445 - Ed. Ossain - Térreo (ver mapa)
Nazaré
(71) 3019-1733 / 3266-5751

20 de set de 2014

La Taperia [gr]

| por Gustavo Romero |

O nosso desejo de conhecer a La Taperia vem de longa data, afinal, recebemos diversas indicações de leitores e amigos. No entanto, a casa constantemente cheia, tornando praticamente obrigatória uma reserva, acabou nos desmotivando. A boa notícia é que o restaurante (ou bar, é difícil classificar) mudou de endereço e passou a ocupar um imóvel maior, facilitando a nossa visita!


Localização e estacionamento

A La Taperia agora ocupa o casarão onde funcionava o Le Pompon Rouge, em frente ao mar do Rio Vermelho, ou seja, a mudança foi para bem perto de onde o local funcionava anteriormente. Aqui, o desafio é encontrar um lugar próximo para estacionar. É preciso ter paciência (como indica o nome da rua), não somente para encontrar uma vaga, como também para lidar com os indesejados flanelinhas.

A fachada da La Taperia
Ambiente e atendimento

O casarão que abriga a La Taperia é bastante rústico, mais ainda do que o que encontramos no 148 Gastronomia Honesta. É tudo muito colorido e alegre, e a utilização de elementos exóticos na decoração, como um cabideiro preso horizontalmente no teto, além de pôsteres, flâmulas e leques presos nas paredes de tijolos aparentes, mostra como o conceito da casa está de acordo com o bairro que a abriga.

O ambiente da La Taperia
O ambiente da La Taperia
Detalhe da decoração da La Taperia
Embora tivéssemos chegado relativamente cedo para um sábado (pouco depois das 19h30), a casa já estava cheia. Restavam poucas mesas disponíveis, algumas no salão principal e uma única num salão ao fundo. A oferta de uma "mesa de bonecas" feita pelo garçom conquistou facilmente o coração da Catarine e eu... Bem, eu não me opus. Manda quem pode, obedece quem tem juízo. Em geral, muitas mesas são minúsculas e ainda existem pequenos balcões presos nas paredes. Estes últimos comportam duas pessoas, que fazem malabarismos para organizar os pratos, talheres e copos no espaço reduzido. Quem não tem a sorte de encontrar mesas disponíveis não contará com um primor de conforto.

A 'mesa de bonecas' da La Taperia
A casa cheia também não permitiu que apreciássemos adequadamente as peculiaridades da decoração do local e acabamos optando por tirar poucas fotos. Assim, a solução foi pegar emprestadas algumas publicadas no Facebook para ilustrar melhor a resenha. Por outro lado, de onde estávamos sentados foi possível acompanhar, ainda que indiretamente, o ritmo frenético da cozinha comandada pelo chef José Morchon.

Detalhes da decoração da La Taperia (fotos: Divulgação)
O atendimento foi interessante. Notamos que não existe um garçom exclusivo para uma determinada região do salão; nós fomos atendidos por 3 pessoas. Tudo feito de forma muito alegre, atenciosa e ágil, exceto no final do jantar, quando pedimos a Sobremesa e, por fim, a conta. Suspeitamos que, àquela altura, a casa estivesse completamente lotada.

Comida

O cardápio praticamente se resume às Tapas, que são Entradas da culinária espanhola. Existem diversas opções, para os mais variados tipos de paladar. Também é possível pedir Pratos completos, como a Paella, que deve ser pedida para, no mínimo duas pessoas.

Admitimos que não foi fácil escolher. Primeiro, porque todo o cardápio está escrito em espanhol (felizmente ele dispõe de um pequeno tradutor para os principais termos) e, segundo, dada a diversidade das opções. São Tapas feitas com Frutos do Mar, Carnes diversas, Batatas, Tapas de Salada e até Tapas vegetarianas! Mas, finalmente, fizemos as nossas escolhas!

Antes mesmo de pedirmos qualquer item, recebemos, como cortesia, dois copinhos com um Creme de Abóbora com toque de Gengibre e Azeite de Trufa Branca. Estava quentinho e o sabor é marcante (havia mais do que um "toque" de Gengibre), Adoramos a gentileza!

O Creme de Abóbora da La Taperia
O primeiro pedido, foi uma Tapa chamada Pulpo a la gallega, ou seja, pedaços de Polvo servidos com Batatas e temperados com Flor de Sal, Pimentão e Azeite e outra chamada de Batatas Bravas, que são Batatas com Molho de Tomate Picante e Alioli.

Em pouco tempo recebemos os pedidos. Primeiro, chegou o Polvo. É difícil descrever um Prato que apresenta um sabor não menos do que perfeito! Sim, nem as nossas mais altas expectativas poderiam exigir (ou mesmo imaginar) um Polvo saboroso como aquele que nos foi servido! Os tentáculos, divinamente temperados (a Flor de sal faz toda a diferença!), apresentaram uma textura __________ (peço ao leitor que preencha o espaço com o elogio que preferir; nenhum deles será bom o suficiente)! As Batatas, embora tenham desempenhado um papel secundário, harmonizaram-se perfeitamente com o Polvo. Um prato que recomendamos enfaticamente!

A Tapa Pulpo a la gallega da La Taperia
Ainda não tínhamos terminado o Polvo quando recebemos as Batatas Bravas. Trata-se de uma Tapa mais simples, mas, ainda assim, extremamente saborosa. As Batatas apresentaram uma consistência excelente e, se o Molho de Tomate Picante não estava, assim, tão picante, o Alioli conquistou para sempre o nosso paladar. Muito bom!

A Tapa Batatas Bravas da La Taperia
Decidimos, ainda, escolher mais uma Tapa (apenas mais uma, pois precisávamos de espaço para as Sobremesas!). Escolhemos as Piruletas de Langostinos rebozados en Bifun, que são Espetos de Camarões-Pistola empanados em Bifum (Macarrão Japonês de Arroz). O Molho que acompanha é, mais uma vez, o Alioli com um toque de Wasabi, que, naturalmente, deixou o Alioli diferente do servido com as Batatas Rústicas, mas ainda muito saboroso. Seguindo a mesma linha do que foi comentado anteriormente, todos os elogios também se aplicam a esta Tapa.

A Tapa Piruletas de Langostinos rebozados en Bifun da La Taperia
Ainda felicíssimos com tudo o que mastigamos, partimos para escolher a Sobremesa. O cardápio lista algumas opções, mas, o mais interessante é que, pelo preço de duas, podemos escolher uma "Tabla de degustación" com três delas, e é claro que assim fizemos. Recebemos, então, a Mousse de Chocolate Amargo com Café, a Mousse de Queijo com Compota de Frutas Vermelhas e o Arroz com Leite com um toque de Frutas Cítricas.

As Sobremesas Arroz com leite, Mousse de Queijo e Mousse de Chocolate Amargo da La Taperia
A Mousse de Chocolate foi a Sobremesa mais saborosa e, apesar das expectativas, o conjunto não estava tão amargo assim. Já a Mousse de Queijo foi a Sobremesa mais exótica, por ter um sabor ligeiramente salgado, contrastando com o "doce-azedo" das Frutas Vermelhas. Por fim, o Arroz com Leite foi o mais simples, o que não quer significar, de forma alguma, ruim. O toque cítrico conferiu um sabor ímpar à iguaria.

Preço

Muitas pessoas consideram os preços da La Taperia amigos, mas, para nós, eles são ligeiramente salgados. A Tapa de Polvo saiu por R$ 28,00, as Batatas Bravas, por R$ 19,00 e os Espetos de Camarão custaram R$ 26,00. Cada Sobremesa sai por R$ 9,00, mas a tábua de degustação com as 3 saiu por R$ 18,00. No final, bebendo apenas um refrigerante (servido em mini-lata de 200 ml por R$ 3,90), gastamos quase R$ 105,00. Sai caro? Considerando o tamanho das porções, sim, sai um pouco caro. Vale à pena? Considerando a experiência gustativa, sem sombra de dúvida, vale muito à pena!

Conclusão

A espera que tivemos para visitar a La Taperia foi compensada com uma aventura gastronômica inesquecível, que entrará para o rol das melhores que tivemos em mais de 380 resenhas publicadas aqui no blog! Cumprimentamos o chef José Morchon (algo que não tivemos a oportunidade de fazer pessoalmente, até porque as nossas visitas são feitas de forma anônima) e sua equipe pelo excelente trabalho feito na La Taperia! Bravo!!!

Serviço

La Taperia
Rua da Paciência, 251 (ver mapa)
Rio Vermelho
(71) 8716-1077 / 9116-5140

16 de set de 2014

Mister Salad [ch & gr]

| por Catarine Heiter e Gustavo Romero |

Nós gostamos muito de mastigar uma boa Salada! Portanto, logo que soubemos que uma nova franquia que trabalha com este tipo de produto chegou à cidade, não perdemos tempo para conhecer a Mister Salad!

Mister Salad

A loja funciona no Shopping Paseo (pertinho do delicioso Barretto's Empório), mas o site da marca indica que, em breve, será inaugurada outra loja, no Salvador Trade Center. O local não é muito espaçoso, e as mesas ficam próximas umas às outras, mas isso não chega a ser um problema, dado que a proposta do local é uma refeição rápida, e não um restaurante para se passar horas.

Mister Salad: Fachada da Loja so Shopping Paseo Itaigara
A fachada da Mister Salad do Shopping Paseo Itaigara
Mister Salad: Fachada da Loja so Shopping Paseo Itaigara
O ambiente da Mister Salad do Shopping Paseo Itaigara
Mister Salad: Fachada da Loja so Shopping Paseo Itaigara
O ambiente da Mister Salad do Shopping Paseo Itaigara
Para um local que demonstra no nome a proposta de comercializar Saladas, a Master Saladad surpreende com a versatilidade do seu cardápio! A criação de combinações destas com Pães (Sanduíches), Wraps e afins, além da quantidade de sabores disponíveis, oferece ao cliente mais assíduo a chance de manter uma alimentação saudável e equilibrada sem correr o risco de enjoar dos Pratos. E, é claro, consegue atender a todas as demandas: perfeito para um café da manhã reforçado, um almoço saudável, um lanche leve ou um jantar caprichado! Destaque para os Sucos funcionais que abrilhantam ainda mais o cardápio!

O princípio de funcionamento é semelhante ao de outras redes do gênero: o cliente faz as escolhas, efetua o pagamento e aguarda a preparação da refeição, que pode ser acompanhada, através do balcão. O tempo de espera pelos pratos não foi grande, até mesmo porque o local estava relativamente vazio. No entanto, notamos uma certa "atrapalhação" em relação aos procedimentos de rotina após o cliente fazer o pedido (muito comum em locais recém-inaugurados). O Suco que pedimos foi feito inicialmente com a Fruta errada, um dos Molhos das Saladas veio trocado e os pedidos foram entregues sem sincronização. Nada que, com um pouco de tempo e planejamento, não possa ser facilmente solucionado.

Nós optamos por duas Saladas: a Veggie (R$ 15,90) e a do Imperador (R$ 22,90), além de um Suco, de Abacaxi com Morango (R$ 5,00).

A porção da Salada Veggie, feita com Alface Americana, Milho, Batata Palha, Tomate Cereja, Cenoura, Grão de Bico, Crouton e Molho Mostarda, é bem equilibrada em relação à quantidade dos ingredientes que a compõe e a combinação foi bastante feliz: não dá para sentir falta de proteínas, sendo o sabor final  bastante agradável. A crítica vai para a quantidade de Molho, servido à parte, em um copinho de café. Para esta Salada a quantidade não atendeu, até mesmo pela presença de ingredientes com menos umidade na composição dela. O sabor do molho, que foi servido trocado, não comprometeu o resultado final. Os Croutons não se assemelham com outros que habitualmente são servidos nas saladarias: mais parecem pedaços de torrada caseira, com menos crocância e esfarelando mais.

Mister Salad: Salada Veggie
A Salada Veggie da Mister Salad
Mister Salad: Salada Veggie
A Salada Veggie da Mister Salad
No caso da Salada do Imperador, composta por Atum, Alface Americana, Tomate Cereja, Queijo Branco, Champignon, Tomate Seco, Azeitonas, Croutons e Molho Mostarda com Mel, a opinião é bastante semelhante. A porção é bem servida e a harmonia entre os ingredientes garantem uma experiência gustativa bastante satisfatória. A quantidade de Molho, embora o Atum torne a Salada mais "molhadinha", também poderia ser maior, especialmente quando o cliente é grande apreciador daquele sabor de Molho. E os Croutons são idênticos aos da Salada Veggie.

Mister Salad: Salada do Imperador
A Salada do Imperador da Mister Salad
Mister Salad: Salada do Imperador
A Salada do Imperador da Mister Salad
O Suco de Abacaxi com Morango não agradou totalmente. Não sabemos dizer se foi a nossa escolha (salvo engano, inédita até então), mas ele nos pareceu um pouco aguado. Em outra ocasião, escolheríamos outro sabor ou combinação para tirar a prova.

Mister Salad: Suco de Morango com Abacaxi
O Suco de Morango com Abacaxi da Mister Salad
Embora com algumas restrições, gostamos da experiência mastigando na Mister Salad! Quem trabalha ou circula pela região ganhou uma boa opção de alimentação saudável, com preços dentro da média e diversas opções para sempre mastigar algo diferente!

Mister Salad
Shopping Paseo Itaigara - Loja 108
(71) 3351-0076
http://www.mistersalad.com.br
http://www.facebook.com/mistersaladshoppingpaseo

12 de set de 2014

Yakisoba Já [tc]

| por Thais Cersosimo |

Para muitos, final de domingo significa pedir Pizza, porem, para mim, significa pedir um Yakisoba bem suculento! Quem nos segue no Instagram (@mastigandoemsalvador) deve lembrar que na semana passada fizemos uma enquete sobre Yakisobas e Temakis. Nos comentários, diversos seguidores consideraram o Yakisoba Já, em Vilas do Atlântico, o melhor Yakisoba que já haviam mastigado. Assim, resolvemos experimentar essa novidade de Lauro de Freitas, já que estávamos por lá mesmo! 

Yakisoba Já

O local trabalha com o serviço de delivery, apenas às sextas, sábados e domingos à noite. Mesmo sendo feriado, o Yakisoba Já não só estava funcionando, como o atendimento por telefone foi excelente, e a entrega super pontual. O site do restaurante é muito explicativo, e foi essencial na hora de realizar o pedido!

Para mastigar, pedimos um Yakisoba Vegetariano Grande, com Cenoura, Acelga, Cebola e Brócolis (R$ 32), um Rolinho Primavera e um Rolinho de Queijo (R$ 6 cada). Esse, basicamente, é o cardápio servido pela casa, com variações nos sabores dos itens que pedimos e algumas bebidas. 

O prazo informado para entrega foi de 40 a 50 minutos, cumprido rigorosamente! Os produtos vêm muito bem embalados, o que abre ainda mais o apetite, e a quantidade, apesar de parecer pouca na foto, é bem satisfatória. Ficamos satisfeitos com metade do Yakisoba (dessa vez, o olho falou mais alto...). 

Yakisoba Já: Embalagens dos produtos
As embalagens dos produtos fornecidos pelo Yakisoba Já
Yakisoba Já: Yakisoba grande na embalagem
O Yakisoba grande na embalagem do Yakisoba Já
Quanto aos sabores: após tantos elogios, o Yakisoba decepcionou um pouco. Não me entendam mal: realmente é saboroso, mas bem parecido com Yakisobas caseiros. A quantidade de Vegetais é boa, assim como sua textura, pois cada ingrediente foi colocado no tempo de cocção certo, o que preservou seu sabor e crocância, especialmente a Acelga. Além disso, o Yakisoba estava com Molho na quantidade certa e Macarrão cozido no ponto. Mas, não foi o melhor Yakisoba que já mastigamos - infelizmente -,  pois adoramos a ideia! 

Yakisoba Já: Yakisoba Vegetariano
O Yakisoba Vegetariano do Yakisoba Já
Já os Rolinhos estavam inacreditavelmente crocantes; da água na boca só de pensar! Bem recheados, o de Queijo estava muito bom, pedirei novamente! O Primavera foi considerado muito bom por quem o mastigou! Aprovados.

Yakisoba Já: Rolinhos Primavera e de Queijo
Os Rolinhos Primavera e de Queijo do Yakisoba Já
Conclusão: a ideia do Yakisoba Já foi aprovadíssima! Podemos perceber isso na quantidade de comentários positivos em nossa enquete no Instagram. Porém, para um estabelecimento que praticamente só vende Yakisoba, esperávamos mais. Os Rolinhos estavam muito saborosos, e nos animaram a repetir a dose! Pela praticidade, pontualidade,  atendimento e também pelo sabor dos seus pratos,  com certeza mastigaremos os produtos do Yakisoba Já novamente!

Yakisoba Já
(71) 3162-1405
http://www.yakisobaja.com.br

8 de set de 2014

Varanda's Restaurante e Bar [ch & gr]

| por Catarine Heiter e Gustavo Romero |

É muito bom quando visitamos um lugar sem grandes expectativas e saímos de lá encantados, não é? Assim foi a experiência no Varanda's Restaurante e Bar. Quando fomos convidados por uma das sócias a ir mastigar no estabelecimento, não sabíamos muito bem o que encontraríamos e, agora, temos o prazer de dividir a experiência com vocês! :)
 
Varanda's Restaurante e Bar

No mesmo imóvel onde, alguns anos atrás, funcionou o Alfafa Café e Bistrô, numa rua tranquila (e fácil de estacionar) do bairro de Amaralina, está instalado o Varanda's. A arrumação e a decoração do local sofreu poucas modificações, o que é bom, pois o ambiente do Alfafa já era charmoso, apesar de despojado. O restaurante está dividido em dois ambientes: o externo, composto pela varanda, e o interno, que, embora conte com um condicionador de ar, não estava climatizado no dia da nossa visita (algo que acabou fazendo um pouco de falta). 

Varanda's Restaurante e Bar: Fachada
A fachada do Varanda's Restaurante e Bar (foto: divulgação)
Varanda's Restaurante e Bar: Ambiente interno
O ambiente interno do Varanda's Restaurante e Bar
Varanda's Restaurante e Bar: Ambiente interno
O ambiente do Varanda's Restaurante e Bar
Varanda's Restaurante e Bar: Ambiente interno
O ambiente do Varanda's Restaurante e Bar
O cardápio da casa é sucinto, mas, ao mesmo tempo, eclético. Logo de cara, é possível encontrar opções de Petiscos, como Pastéis, Kibes, Casquinha de Siri, Caldos, Escondidinhos, dentre outros. As opções de Pratos Quentes agradam todos os tipos de paladares: são oferecidos Risotos, Massas, Carnes e Frutos do Mar. Mas, o interessante mesmo são as "Especialidades da Casa", compostas, basicamente, por pratos da culinária baiana, como Moquecas e Bobó. Só sentimos a falta mesmo foi de uma seção dedicada às Sobremesas, que se resumem ao Sorvete.

Iniciamos a noite mastigando uma porção de Bolinhos de Bacalhau (6 und. - R$ 12,00), que, assim como alguns outros Petiscos, contam com uma característica muito interessante: não são fritos! Isso mesmo, eles são preparados em uma dessas máquinas do tipo Airfryer, que, sem óleo, através apenas do calor, simulam uma fritura. E não é que o resultado ficou bom? Até pensamos em comprar uma dessas máquinas para nós! A diferença no resultado é discretíssima, e, se não tivéssemos sido avisados, poderíamos até não ter percebido, e, provavelmente, elogiaríamos os Bolinhos dizendo como eles estavam "sequinhos" e como apresentaram um sabor peculiar!

Varanda's Restaurante e Bar: Bolinhos de Bacalhau
Os Bolinhos de Bacalhau do Varanda's Restaurante e Bar
Para acompanhar essa Entrada, recebemos um Coquetel de Frutas (R$ 8,50) que, preparado sem álcool, estava muito saboroso e encorpado. 

Varanda's Restaurante e Bar: Coquetel de Frutas sem álcool
O Coquetel de Frutas sem álcool do Varanda's Restaurante e Bar
Até que chegou a hora do jantar propriamente dito! Optamos por um Salmão a Belle Meunière, acompanhado de Arroz e Vegetais (R$ 25,90) e por uma porção individual da Moqueca de Camarão com Polvo (R$ 32,90; para duas pessoas, R$ 65,90), que vem acompanhada de Arroz, Pirão e Farofa.

O Salmão, que é um dos Pratos mais pedidos da casa, estava realmente muito saboroso. Às vezes acontece de encontrarmos este tipo de Peixe quase sem sabor, que não foi o caso neste Prato. O Molho, com Camarões e Champignon também estava muito bom. O Arroz e os Vegetais não chamaram muito a atenção, tendo servido apenas para compor o Prato. A porção atende muito bem uma pessoa.

Varanda's Restaurante e Bar: Salmão a Belle Meunière
O Salmão a Belle Meunière do Varanda's Restaurante e Bar
Mas, se o Salmão estava saboroso, ele acabou sendo ofuscado pela Moqueca, que estava simplesmente maravilhosa! Pela apresentação do Prato já é possível ter uma idéia da grande quantidade de Polvo e Camarões servidos, que, além de saborosos, estavam macios ao ponto de o Polvo derreter na boca! O doce do Azeite de Dendê misturou-se ao sabor dos Temperos com uma classe e leveza que nos fez classificar esta Moqueca como uma das melhores - se não a melhor - já mastigadas por nós até aqui! Os demais elementos perdem importância perto dela, que se consolidou como a grande estrela da noite! E o melhor é que a porção individual é tão bem servida que, se o jantar for acompanhado de uma Entrada, atende duas pessoas tranquilamente.

Varanda's Restaurante e Bar: Moqueca de Camarão e Polvo
A Moqueca de Camarão e Polvo (porção individual) e seus Acompanhamentos do Varanda's Restaurante e Bar
Varanda's Restaurante e Bar: Moqueca de Camarão e Polvo
A Moqueca de Camarão e Polvo (porção individual) do Varanda's Restaurante e Bar
O resumo do nosso jantar no Varanda's Restaurante e Bar é simples: Barriga cheia, sorriso no rosto e uma vontade enorme de voltar para mastigar outras opções do cardápio e, claro, a Moqueca novamente! Recomendamos enfaticamente uma visita ao local!

Os Mastigadores estiveram no Varanda's Restaurante e Bar a convite para elaboração deste post.

Varada's Restaurante e Bar
Rua Professor Oséas Santos, 53 - Amaralina (ver mapa)
(71) 3011-0459

Tecnologia do Blogger.