12 de abr de 2012

[RIP] Le Pompon Rouge [gr]

[ATUALIZAÇÃO]


Este estabelecimento não está mais entre nós. Repouse em paz (R.I.P.).


por Gustavo Romero

Ouvimos falar muito bem do Le Pompon Rouge, um restaurante francês com pouco tempo de funcionamento em Salvador e resolvemos ir mastigar os pratos servidos por eles. Mon Dieu, quelle merveille!

Le Pompon Rouge

Localização e estacionamento

O Le Pompon Rouge funciona numa casa em frente ao mar do Rio Vermelho, na Rua da Paciência (ver mapa). É muito fácil de chegar. A região, embora tenha uma tradição boêmia, não é pródiga em opções de estacionamento, mas, no dia da nossa visita, isso não se configurou como um problema.

Ambiente e atendimento

O restaurante está instalado num casarão de fachada impecavelmente pintada de azul com detalhes brancos. Somando-se a isso, temos a placa com o nome do local, em letras vermelhas, formando, assim, o conjunto de cores presentes na bandeira da França (será coincidência?).

Le Pompon Rouge: Fachada (foto retirada do Facebook)
A fachada do Le Pompon Rouge (foto retirada da página no Facebook)
A entrada é feita por um corredor lateral muito charmoso e rústico, decorado com alguns quadros e com as bandeiras brasileira e francesa. Avancando um pouco pelo corredor, dobra-se à esquerda e, voilà, entra-se no salão onde estão dispostas as mesas e cadeiras.

Le Pompon Rouge: O corredor de entrada
O corredor de entrada do Le Pompon Rouge
Este salão é pequeno, climatizado e muito charmoso. Impecavelmente decorado com quadros, cortinas, lustres e outros objetos cujo conjunto nos remete, naturalmente, a um bistrô francês. Aqui, também a combinação das cores da bandeira francesa está presente (cadeiras, toalhas, paredes etc.) 

Le Pompon Rouge: Ambiente interno
O ambiente interno do Le Pompon Rouge. Ao fundo, a varanda com vista para o mar.
Le Pompon Rouge: Ambiente interno
O ambiente interno do Le Pompon Rouge
Até os pratos, copos, garrafas e talheres têm um visual romântico e charmoso característico daquele país. Para completar, a meia luz e a música francesa de fundo tornam o ambiente um dos mais agradáveis em que já estivemos, tanto que a nossa visita durou mais de 2 horas e nós nem percebemos (a companhia da minha amada também ajudou muito...)!

Ainda existe uma pequena varanda com vista para o mar, que estava fechada no dia em que estivemos lá.

O antendimento também encanta. A casa conta apenas com um garçom (ao menos foi assim no dia da nossa visita) que, pelo que entendemos, é filho do proprietário e chef do local, Matial Cornevin. Com um forte sotaque francês, tornando muitas vezes um pouco difícil a compreensão do que foi dito, o garçom foi extremamente atencioso, muito simpático e discreto na mesma proporção.

Comida e bebida

O cardápio do Le Pompon Rouge é um pouco econômico na variedade de opções, o que não quer dizer que isso seja ruim. Ele lista Entradas (Saladas, Quiches, Couvert etc) e Pratos Quentes, com opções a base de Carne Bovina, Pato, Frango, Peixe, Camarão e Massas. Para finalizar, algumas finíssimas opções de Sobremesas.

A Carta de Vinhos também nos pareceu bastante extensa.

Receosos com a fama dos restaurantes franceses de servirem porções muito pequenas, resolvemos escolher uma Entrada, que foi o Couvert para 2 pessoas, composto por Patê (algo muito próximo de um Foie Gras), Queijos diversos, Quiche, Azeitona, Amêndoas, Pão Francês e Pão Preto. Ficamos um pouco espantados com a quantidade de itens servidos e muito felizes com o sabor deles! Não havia nada que pudesse ser classificado como menos do que delicioso! Difinitivamente, uma escolha acertada!

Le Pompon Rouge: Couvert para 2 pessoas
O Couvert para 2 pessoas do Le Pompon Rouge
Le Pompon Rouge: Couvert para 2 pessoas
O Couvert para 2 pessoas do Le Pompon Rouge
Antes de recebermos o Couvert, uma cortesia que impressionou: Água Mineral, numa charmosíssima garrafa, para limpar o paladar!

Le Pompon Rouge: Garrafa de Água Mineral
A garrafa de Água Mineral do Le Pompon Rouge
Em seguida, escolhemos os Pratos Quentes. Fomos de Tagliatteles Carbonara e de Poulet à L'Estragon (em bom portugês, Talharim à Carbonara e Filé de Frango com Molho de Estragão). Quando recebemos os pratos, percebemos que o temor de porções pequenas não tem grande fundamento. Ambos os pratos são bem servidos, fato este que teria até dispensado a Entrada.

Le Pompon Rouge: Tagliatteles Carbonara (Talharim à Carbonara)
O Tagliatteles Carbonara (Talharim à Carbonara) do Le Pompon Rouge
Le Pompon Rouge: Poulet à L'Estragon (Filé de Frango com Molho de Estragão)
O Poulet à L'Estragon (Filé de Frango com Molho de Estragão) do Le Pompon Rouge
Em termos de sabor, na nossa avaliação, o Talharim, embora muito gostoso, teve o molho Carbonara concentrado na parte superior da porção, fazendo que, da metade para o fim do prato, praticamente só tivesse sobrado o macarrão. Já o Filé de Frango foi aprovado sem restrições, especialmente considerando que o Molho de Estragão estava em perfeita harmonia com a ave.

Para finalizar, uma Sobremesa: Petit Gateau. Em apenas uma palavra, fenomenal!

Le Pompon Rouge: Petit Gateau
O Petit Gateau do Le Pompon Rouge
Preço

Se é verdade que o Le Pompon Rouge vai de encontro à fama de porções pequenas nos pratos franceses, o mesmo não se pode dizer em relação à fama de pratos caros. É bem verdade que não estamos falando de preços absurdos, mas, definitivamente, salgados para o nosso orçamento. O Couvert para 2 pessoas custou R$ 23,00. Cada Prato Quente, R$ 32,00. O Petit Gateau, mais R$ 15,00. Numa soma simples, desconsiderando Bebidas e Taxa de Serviço, a conta excede os R$ 100,00.

Conclusão

O Le Pompon Rouge é genuinamente um pedacinho da França no Rio Vermelho. Um local muito charmoso com atendimento diferenciado, ideal para uma noite romântica. A comida também é muito boa, mas, não é o grande destaque diante dos outros elementos. E se o seu bolso tiver pressão alta, cuidado!: a conta é bem salgadinha...

Serviço

Le Pompon Rouge
Rua da Paciência, 251
Rio Vermelho
(71) 3023-3566
http://www.wix.com/pomponrougesalvador/pompon-rouge-salvador

7 comentários:

  1. Lá é realmente um charme. Essa garrafinha de água mineral então,que delicadeza! É de encher os olhos,mesmo.
    É caro? Pode até ser...Mas merece uma visita,nem que seja uma só! Especialmente com AQUEELA pessoa do lado ;)
    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Madame Y., concordo! Até porque eu estava com "AQUEELA pessoa" ao meu lado!

      Excluir
  2. Bom atendimento, boa comida, porções razoáveis (se pedir entrada ou couvert)porém o preço é salgado.
    O restaurante tem poucos lugares e sua margem de lucratividade seria mínima se praticasse preços menores.

    ResponderExcluir
  3. Pô Gustavo, que pena que não me sugeriu este local na mensagem inbox que te pedi há alguns dias atrás.
    Acabei visitando o Marinata no meu aniversário de namoro, sugestão sua entre outras duas.

    Obrigado, e parabéns mais uma vez pelo BLOG!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ramon Brito, realmente, naquele momento em que respondi sua mensagem, o Le Pompon Rouge não me ocorreu. Uma pena. Mas, pense pelo lado positivo: você já tem uma nova alternativa para a próxima data comemorativa! ;)

      Agradeço a preferência e espero que tenha gostado do Marinata!

      Excluir
  4. O restaurante é ótimo e o preço baratíssimo. Hoje nem em praça de alimentação de shopping se acha algo que preste por 32,00.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. POGGIO PROPAGANDA, os preços citados são do início de 2012, portanto, mais de 2 anos atrás. É bom ressaltar que este restaurante fechou há bastante tempo.

      Excluir

Os comentários no Mastigando em Salvador são muito bem vindos, mas deverão passar por um processo de moderação prévia. Para conhecer os critérios da moderação, consulte a nossa política de comentários, acessando: http://www.mastigandoemsalvador.com.br/p/politica-para-comentarios.html.

Resumidamente, os comentários que poderão ser rejeitados são aqueles que:

- Estejam fora do contexto do objeto da postagem e/ou do blog;
- Utilizem linguagem ofensiva e/ou incompreensível;
- Contenham injúrias, calúnias ou difamações, a respeito de quem quer que seja;
- Demonstrem claramente a intenção, por parte do autor do comentário, de tumultuar e/ou de desarmonizar o clima do blog;
- Contenham propaganda (spam); ou
- Contenham links externos, salvo quando forem fortemente relacionados ao objeto da postagem.

Os comentários publicados NÃO representem a opinião do blog Mastigando em Salvador e da sua equipe, e todo o seu conteúdo é de responsabilidade exclusiva dos seus respectivos autores. Nós não nos responsabilizamos por eles.

Caso tenha alguma dificuldade em fazer um comentário, verifique se está utilizando o navegador MS Internet Explorer. Alguns leitores tem reportado problemas para comentar utilizando este navegador. Esta situação está fora do nosso controle e não pode ser corrigida por nós.

Tecnologia do Blogger.