4 de out de 2012

[RIP] Munik Boteco Gourmet [gr]

[ATUALIZAÇÃO]


Este estabelecimento não está mais entre nós. Repouse em paz (R.I.P.).


por Gustavo Romero

Mais uma sexta-feira de happy-hour com os amigos do trabalho. Desta vez, o local escolhido foi o Munik Boteco Gourmet. A casa era desconhecida para mim, mas o termo "gourmet" estampado no nome foi o suficiente para me animar com a visita!

Munik Boteco Gourmet

O bar fica na Pituba, na mesma rua do Kirin (ver post), em frente ao Bar Preto (ver post). Um pouco complicado para estacionar. Por precaução, preferi deixar o carro nos arredores da Praça Alfred Nobel e caminhar um pouco.

Chegamos bem cedo ao local, que ainda estava praticamente vazio. Dei uma olhada geral no ambiente e observei a existência de um salão aberto (com a cobertura móvel), um espaço para grupos maiores (com uma mesa bem grande e um projetor de vídeo) e um espaço menor e fechado, em frente ao bar. Ficamos no salão aberto, que se mostrou bastante agradável e arejado.

Munik Boteco Gourmet: Ambiente
O salão do Munik Boteco Gourmet
Munik Boteco Gourmet: Ambiente
A área para grupos maiores do Munik Boteco Gourmet
Munik Boteco Gourmet: Ambiente
A entrada para o bar do Munik Boteco Gourmet
Analisando o cardápio, fica claro que um dos grandes atrativos da casa é a enorme diversidade de opções de Cervejas. São inúmeras marcas, tipos e, claro, preços (segundo o site, são mais de 40 rótulos de Cerveja de 11 países diferentes). Apesar disso, curiosamente, o nosso grupo não aproveitou esse diferencial, tendo focado os pedidos em outros tipos de bebidas. Eu, como de hábito, fiquei com um refrigerante mesmo.

Mas, eu estava lá era para curtir a companhia dos amigos e para mastigar! Então fui correndo verificar o que um "boteco gourmet" oferecia de opções de comidas. E, realmente, não são poucas: Petiscos e Aperitivos, Pratos leves (Saladas e Wraps), Pratos a base de Frutos-do-Mar e de Carnes, e até Pastéis estão listados no cardápio. Maravilha!

O primeiro pedido da mesa foi uma porção de Bolinhos de diversos sabores (Queijo, Bacalhau etc.). A apresentação estava bacana e o sabor, dentro do esperado. O preço: Salgados R$ 17,90.

Munik Boteco Gourmet: Porção de Bolinhos de diversos sabores
A porção de Bolinhos do Munik Boteco Gourmet
Em seguida, conforme orientação do garçom, pedimos um dos carros-chefe da casa: O Filé Gorgonzola (Cubos de Filé ao Molho Gorgonzola, acompanhado de Pão Fresco). O sabor não combinou com a bela apresentação do prato: o Molho de Gorgonzola estava quase sem gosto de Gorgonzola. O Filé estava macio e saboroso, mas nem de longe vale os R$ 36,00 cobrados pelo prato.

Munik Boteco Gourmet: Filé Gorgonzola
O Filé Gorgonzola do Munik Boteco Gourmet
Prosseguindo, pedimos uma Carne do Sol na chapa, que veio acompanhada de Queijo Coalho e Cebola na Manteiga de Garrafa, Farofa e Pirão de Leite. O melhor prato da noite. A Carne estava saborosa e os acompanhamentos agradaram a todos. Custou R$ 44,00.

Munik Boteco Gourmet: Carne do Sol na Chapa
A Carne do Sol na Chapa do Munik Boteco Gourmet
Pedimos também uma porção de Batatas Fritas, que são servidas com Bacon, Queijo e Molho Gorgonzola. Uma combinação matadora, certo? Errado. O sabor ficou bem aquém do esperado e o preço, bem além do esperado: R$ 18,90.

Munik Boteco Gourmet: Porção de Batatas-Fritas
A porção de Batatas Fritas do Munik Boteco Gourmet
Para encerrar, pedimos ainda um Escondidinho de Camarão. O prato traz uma inovação bem interessante, já que é servido com Queijo derretido, mas traz um ponto que não agradou totalmente: Molho Rosê. A combinação deixou o prato com sabor adocicado, diferente do que se espera de um bom Escondidinho. A porção também não é das maiores, e o preço cobrado foi R$ 26,50.

Munik Boteco Gourmet: Escondidinho de Camarão
O Escondidinho de Camarão do Munik Boteco Gourmet
Além da decepção com quase tudo o que foi mastigado, ainda tivemos um episódio desagradável: Durante o período da nossa visita, começou a chover e os garçons correram para fechar a cobertura, que estava aberta. A manobra foi desastrosa e todas aquelas pequeninas flores que se desprendem das árvores do local acabaram caindo na nossa mesa, na comida, nas bebidas e nos clientes!

Para encerrar, ainda nos foi cobrada uma taxa de R$ 2,00 por pessoa em função da presença de um DJ que, diga-se de passagem, não fez rigorosamente nada (além de ficar olhando para o equipamento) durante o período em que estivemos lá. Paguei sob protesto.

A conclusão a que chego é simples: o Munik não é um local para se ir com a intenção de mastigar, apesar da palavra "gourmet" no nome da casa. O sabor dos pratos é absolutamente mediano e os preços são absurdamente altos. Por outro lado, recomendamos o local caso a intenção seja experimentar as várias opções de Cervejas (e de outras bebidas) ou simplesmente desfrutar de um bar com ambiente agradável e bem frequentado.

Munik Boteco Gourmet
Rua Guillard Muniz, 720 - Pituba (ver mapa)
(71) 3452-2746
http://www.munikbar.com.br

8 comentários:

  1. Tirou as palavras da minha boca...
    Munik é para beber (principalmente)e ver pessoas...

    ResponderExcluir
  2. Lugar bacaninha até...mais indicado pra paquerar e beber,igualzinho ao Cien Fuegos. Se for pra comer,eu como no Kirin... u.u

    Beeeijo ♥

    ResponderExcluir
  3. P.S - Meninos, vocês conhecem o Tortarelli e o Acqua Café,ali na rua das Hortênsias? Vocês adoram cafés,lembrei logo dos dois quando passei por lá. Gostaria de vê-los aqui assim que tiverem po$$ibilidades! hehehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Madame Y., nós já "ensaiamos" ir diversas vezes ao Tortarelli, mas sempre algo dá errado... Já o Acqua, a idéia era ir à unidade da Bahia Marina, apesar do preço $algado!

      Excluir
  4. Pena... esse tipo de estabelecimento é raro em Salvador, enquanto faz cada vez mais sucesso no sul/sudeste do país.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Plínio Agostinho, não recomendamos para mastigar, mas se você gosta de uma boa Cerveja o local é muito adequado!

      Excluir
  5. Tenho um sonho muito intenso de abrir meu próprio gastropub, gostaria de saber mais sobre cardápios e desse Munik. O site deles se encontra fora do ar. O que você me sugerem? (o quê e onde devo procurar informações sobre gastropub?)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Victor Ceará, apuramos que o Munik fechou as portas e, por este motivo, adicionamos esta resenha na nossa seção "Obituário".

      Penso que um bom ponto de partida para lhe ajudar a abrir um "gastropub" seja a ABRASEL-BA (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes Seccional Bahia)!

      Excluir

Os comentários no Mastigando em Salvador são muito bem vindos, mas deverão passar por um processo de moderação prévia. Para conhecer os critérios da moderação, consulte a nossa política de comentários, acessando: http://www.mastigandoemsalvador.com.br/p/politica-para-comentarios.html.

Resumidamente, os comentários que poderão ser rejeitados são aqueles que:

- Estejam fora do contexto do objeto da postagem e/ou do blog;
- Utilizem linguagem ofensiva e/ou incompreensível;
- Contenham injúrias, calúnias ou difamações, a respeito de quem quer que seja;
- Demonstrem claramente a intenção, por parte do autor do comentário, de tumultuar e/ou de desarmonizar o clima do blog;
- Contenham propaganda (spam); ou
- Contenham links externos, salvo quando forem fortemente relacionados ao objeto da postagem.

Os comentários publicados NÃO representem a opinião do blog Mastigando em Salvador e da sua equipe, e todo o seu conteúdo é de responsabilidade exclusiva dos seus respectivos autores. Nós não nos responsabilizamos por eles.

Caso tenha alguma dificuldade em fazer um comentário, verifique se está utilizando o navegador MS Internet Explorer. Alguns leitores tem reportado problemas para comentar utilizando este navegador. Esta situação está fora do nosso controle e não pode ser corrigida por nós.

Tecnologia do Blogger.