24 de nov de 2013

Hot-Dog do Bolero [ch]

| por Catarine Heiter |

É na principal avenida de Brotas que você pode encontrar um dos Cachorros Quentes mais famosos do bairro (e da cidade)! O Hot-Dog do Bolero é quase uma tradição local e hoje conta com "filiais" que também exploram outros itens, como Espetinhos e Comida de Boteco.

Hot-Dog do Bolero

A "banquinha" de Hot-Dog, no entanto, quase não sofreu modificações com o passar dos anos. A "modernização" pode ser conferida apenas no processo de produção, na organização do atendimento e no aumento do numero de funcionários. No caixa você faz o seu pedido e pega uma ficha, que dá direito aos produtos no balcão onde é preparado o Cachorro Quente. Tudo permanece de um jeito muito simples!

Hot-Dog do Bolero: Fachada
A fachada do Hot-Dog do Bolero
É comum ter que enfrentar filas enormes a qualquer hora, o que já nos fez desistir de mastigar por lá algumas vezes. A alternativa é chegar bem cedo (como nós fizemos, especialmente para tirar a foto do local), no finalzinho da tarde, e esperar a panela de Salsichas e Molho esquentar para que a iguaria possa ser preparada!

E, se tem fila, é porque o produto é bom! Para nós, é o melhor Hot-Dog da cidade (confira aqui todos os que já mastigamos), que concorre até mesmo com alguns caseiros! O Molho é repleto de Temperos em pedacinhos, que oferecem um sabor ímpar. A Salsicha e o Pão são de boa qualidade. Some isso tudo à chance de poder colocar bastante Maionese, Catchup, Mostarda e Queijo Ralado: está pronto o seu "Bolero"!

Hot-Dog do Bolero: Cachorro Quente
O Cachorro Quente do Hot-Dog do Bolero
Hot-Dog do Bolero: Cachorro Quente
O Cachorro Quente do Hot-Dog do Bolero
Nós somos fãs há alguns anos (eu, particularmente, desde a adolescência) e podemos garantir que sempre foi delicioso! E, de quebra, ainda dá para se divertir observando o pessoal preparando os pedidos de uma maneira muito rápida e organizada (no estilo McDonald's).

Hot-Dog do Bolero: Processo de preparação do Cachorro Quente
Preparação do Cachorro Quente do Hot-Dog do Bolero: corte do Pão
Hot-Dog do Bolero: Processo de preparação do Cachorro Quente
Preparação do Cachorro Quente do Hot-Dog do Bolero: colocação da Salsicha e do Molho no Pão
Hot-Dog do Bolero: Uma das panelas com as Salsichas e o Molho
Uma das Panelas com as Salsichas e o Molho para o Cachorro Quente do Hot-Dog do Bolero
O preço ainda é atrativo (R$ 2,50), mas não espere um produto gigante. Apenas um Hot-Dog é pouco para quem tem apetite um pouco maior, e sempre deixa um gostinho de "quero mais"! Para facilitar sua vida, o Bolero também vende refrigerante em lata (R$ 3,00) e em litro (R$ 4,00).

Como é um alimento nada saudável, me sinto até engordando só de dizer que facilmente viveria disso! Mas, com certeza, é uma dica que não poderia faltar no Mastigando em Salvador e que, para quem é fã de Cachorro Quente, é imperdível! 

Hot-Dog do Bolero
Av. D. João VI, 445 (ver mapa)
Brotas (ao lado da Policlínica de Brotas)
(71) 8876-3013

4 comentários:

  1. Fiquei com água na boca, adoro hot dog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mariana Araújo, então o Bolero é uma visita obrigatória para você!

      Excluir
  2. É verdade conheço essa iguaria desde o começo é realmente délicioso o hot dog do Bolero, e tem mais a maionese é de fabricação caseira, muito saborosa melhor que a hellmans vai lá conferir...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. valdemir bonitão hut, boa colocação! Obrigado por complementar a resenha!

      Excluir

Os comentários no Mastigando em Salvador são muito bem vindos, mas deverão passar por um processo de moderação prévia. Para conhecer os critérios da moderação, consulte a nossa política de comentários, acessando: http://www.mastigandoemsalvador.com.br/p/politica-para-comentarios.html.

Resumidamente, os comentários que poderão ser rejeitados são aqueles que:

- Estejam fora do contexto do objeto da postagem e/ou do blog;
- Utilizem linguagem ofensiva e/ou incompreensível;
- Contenham injúrias, calúnias ou difamações, a respeito de quem quer que seja;
- Demonstrem claramente a intenção, por parte do autor do comentário, de tumultuar e/ou de desarmonizar o clima do blog;
- Contenham propaganda (spam); ou
- Contenham links externos, salvo quando forem fortemente relacionados ao objeto da postagem.

Os comentários publicados NÃO representem a opinião do blog Mastigando em Salvador e da sua equipe, e todo o seu conteúdo é de responsabilidade exclusiva dos seus respectivos autores. Nós não nos responsabilizamos por eles.

Caso tenha alguma dificuldade em fazer um comentário, verifique se está utilizando o navegador MS Internet Explorer. Alguns leitores tem reportado problemas para comentar utilizando este navegador. Esta situação está fora do nosso controle e não pode ser corrigida por nós.

Tecnologia do Blogger.