27/08/2011

[RIP] Ocho Ceviche Bar [ch] - SSA RW 2011

[ATUALIZAÇÃO]


Este estabelecimento não está mais entre nós. Repouse em paz (R.I.P.).


Quando imaginamos a enquete da promoção "Me Gusta" mastigar, não tínhamos pensado que haveria tanto equilíbrio entre os restaurantes participantes, fazendo com que três candidatos ficassem empatados em primeiro lugar! Para definir o vencedor, tivemos, então, que imaginar um critério de desempate, que só estamos revelando agora: escolhemos, dentre os três, aquele que poderia nos oferecer a aventura gastronômica mais incomum! E, claro, o escolhido só poderia ser o Ocho Ceviche Bar!


por Catarine Heiter

Os mastigadores tiveram mais uma experiência relacionada à Salvador Restaurant Week, que aconteceu no Ocho Ceviche Bar. Resolvemos escolher este local, pois queríamos experimentar algo diferente do convencional e, com certeza, conseguimos!

Ocho Ceviche Bar

O restaurante, que fica na mesma pirâmide onde funciona a famosa pizzaria Piola, é bem aconchegante e muito bem decorado. Os objetos dispostos nas estantes que delineiam o espaço trazem um pouco das cores e da cultura peruana, ao mesmo tempo em que garantem o requinte e a originalidade do lugar. A música ao fundo é agradável e relativamente temática e coerente com a proposta. Existe ainda a total visualização de uma parte da cozinha onde são preparados alguns pratos. Realmente um local muito interessante para se visitar!

Ocho Ceviche Bar: Ambiente interno
O ambiente interno do Ocho Ceviche Bar
Ocho Ceviche Bar: Ambiente interno
O ambiente interno do Ocho Ceviche Bar
Ocho Ceviche Bar: Ambiente interno
O ambiente interno do Ocho Ceviche Bar
No cardápio nem tudo é Ceviche! Outras opções de Entradas e Tira-gostos priorizam os Frutos do Mar, mas não deixam de estarem disponíveis em opções mais carnívoras. O interessante é poder encontrar Tiraditos (fatias de peixe ou frutos do mar marinados em Leche de Tigre) e Anticuchos (espetinhos peruanos) dentre os pratos típicos oferecidos por lá! Os vinhos e os drinks ficam disponíveis em cardápios separados, tendo um destaque todo especial. Fica o convite: quem beber, volta aqui para contar!

O cardápio preparado para o evento conseguiu representar boa parte da culinária nipo-peruana que é servida no estabelecimento e contou com itens que estão disponíveis no dia-a-dia da casa.

De entrada foram servidos Ceviche de Peixe Branco com Cebola Roxa, Coentro e Pimenta Dedo de Moça marinados no Leche de Tigre Peruano e Causas Peruanas de Camarão e Peixe Branco Empanado.

Ocho Ceviche Bar: Ceviche de Peixe Branco
O Cevide de Peixe Branco do Ocho Ceviche Bar
Ocho Ceviche Bar: Causas peruanas
As Causas peruanas de Camarão e Peixe Banco empanado do Ocho Ceviche Bar
O primeiro, servido em uma espécie de copo, estava bem gostoso e foi considerado por nós (que ainda não tínhamos experimentado nenhum Ceviche nesta vida) como algo bem diferente. Talvez um pouco picante demais para Gustavo e talvez pouco salgado para meu gosto, mas ainda assim bom! O segundo, que são bolinhos de Batata temperados (um prato popular do Peru), seguiu a mesma linha e estava muito gostoso. O molho que ficava na base deu um toque todo especial (um gostinho de pimenta bem suave, porém quase sem ardor) e equilibrou o sabor do prato.

As opções de pratos principais que escolhemos também estavam muito saborosas, bem servidas e com uma apresentação impecável. O primeiro, Filé de Peixe Branco Grelhado com Farofa de Couve e Camarões, tinha na farofa o seu ponto alto. Já o segundo, Steak de Filé Mignon a la Parrilla com Salsa Anticuchera e Batatas Gratinadas, tinha as batatas e o "molhinho" como estrelas do prato... Eu passaria, seguramente, 365 dias de um ano comendo somente aquelas batatas!

Ocho Ceviche Bar: Filé de Peixe Branco grelhado com Farofa de Couve e Camarões
O Filé de Peixe Branco grelhado com Farofa de Couve e Camarões do Ocho Ceviche Bar

Ocho Ceviche Bar: Steak de Filé Mignon a la Parrilla
O Steak de Filé Mignon a la Parrilla do Ocho Ceviche Bar
Antes de continuar, é interessante lembrar que até aqui fomos bem atendidos (sendo quase que exclusivamente por um simpático e atrapalhado garçom). É fato que, em alguns momentos, tivemos dificuldade em chamá-los, mas nada que atrapalhasse o nosso jantar. Porém, algo estranho aconteceu com o nosso pedido de sobremesa: diferente do padrão apresentado até aqui, esperamos mais de 30 minutos pelo prato e percebemos que o próprio garçom que nos atendia estranhou a demora.

A parte boa é que, quando chegou, a sobremesa estava ótima! A opção escolhida foi a Taboca recheada com Doce de Leite, Sorvete de Creme e Calda de Morangos Silvestres. Incrível como algo simples feito uma Taboca, pode se harmonizar tão perfeitamente com outros itens e criar uma experiência gastronômica tão intensa como aquela! Perfeita! O sabor do Doce de Leite é outro ponto que merece destaque já que estava simplesmente fantástico!

Ocho Ceviche Bar: Taboca recheada com Doce de Leite
A Taboca recheada com Doce de Leite do Ocho Ceviche Bar
E o preço disso tudo? Para nós, foi promocional por estar sendo disponibilizado um menu especial com preço fixo através da Salvador Restaurant Week. Mas, para que o leitor possa ter uma idéia, pelo Filé de Peixe Branco paga-se R$ 45,80 e pelo Filé Mignon paga-se R$ 41,30, em dias normais. A sobremesa sai por volta de R$ 12,90. Um preço relativamente alto, mas que está relacionado à qualidade do ambiente, dos pratos e dos ingredientes e, sem dúvida, também à oportunidade de desfrutar algo diferente e finamente preparado, sem precisar ir ao Peru!

Ocho Ceviche Bar
Rua João Gomes, 249
Rio Vermelho
(71) 3311-3300 / 8313-2715
http://www.piramidedoriovermelho.com.br/ocho.php
http://www.facebook.com/pages/Ocho-Ceviche-Bar/138068336267945

11 comentários:

  1. Fiquei curiosa com a taboca, parece muito boa. Catarine, vou aparecer lá sim, só tô meio sem saber direito onde é.

    Bjo

    ResponderExcluir
  2. Lá é o encontro de Belas, rsrsrsrs.

    ResponderExcluir
  3. Oi Caatrine,
    o filé mignon parece muito bom,mas não parece bem servido quanto o peixe. Acho que ficaria com esse prato!
    Que sobremesa é essa!!! Sou louca por taboca!
    Bjs
    http://batalhagourmet.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia, mas gostei muito, e parece que o preço vale :)

    ResponderExcluir
  5. Me animei!!!
    Bjs

    www.comerrezando.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Outro dia li sobre o Ocho na revista muito. Agora com esse reforço, não posso adiar mais :) Muito bom! Um abraço, Queila
    P.s.: Fico de dar a resposta para o encontro de belas no meio da semana. Obrigada pelo convite:)!

    ResponderExcluir
  7. Que bom que vocês gostaram, mas posso afirmar que esse ceviche está muito aquém do tradicional (a causa nem se fala!). Os pratos da Ocho tem uma proposta gourmet, mas passam longe dos deliciosos pratos peruanos (sou meia peruana ^^). A culinária peruana é saborosíssima e, antes de tudo, barata.
    Por esse preço, prefiro ficar com o Ceviche de meu pai mesmo...hehehe (Ah! e com as tradicionais batatas-doce que a Ocho fez questão de esquecer de servir com o ceviche...)

    Bjocas
    http://www.meunomenaoekerol.com

    ResponderExcluir
  8. Carol, de fato nós não temos base de comparação, quando o assunto é Ceviche. Nós gostamos, mas não sabemos se ele poderia ser muito melhor. E foi justamente por isso que escolhemos o Ocho: queríamos nos aventurar por sabores desconhecidos!

    ResponderExcluir
  9. A culinaria Peruana é barata no Peru...como a Culinaria Baiana é Barata na Bahia...preço está diretamente ligado a qualidade do produto, se um prato é "caro" como os do Ocho Ceviche, é por que eles usam materia prima de primeira, sou frequentador assiduo do Ocho e garanto que a qualidade dos produtos deles é de primeira qualidade ! E como todo bom restaurante fora do seu país, Eles tem que se adaptar ao paladar Brasileiro e dar uma regionalizada por que não é facil achar produtos. Com certeza quando vamos em restaurante japones, sabemos que não estamos comendo a comida traidicional japonesa, o mesmo acontece com o chines, e outros tantos! Se a Carol é meia Peruana, ela com certeza conhece o Ceviche e as comidas melhor que ninguem. Já levei amigos Peruanos ao Ocho que falaram que o Ceviche e as Causas nao deixam nada a desejar aos melhores restaurantes de Lima. Que o Leche de Tigre do Ocho eh perfeito. Mais cada um com seu gosto, Parabéns pelo Blog

    ResponderExcluir
  10. Olá Gustavo! Infelizmente a culinária peruana não é muito conhecida aqui, por isso achei muito legal vocês irem lá. Eu sei que vocês não tem base de comparação por isso gostei muito da resenha de vocês. :D

    O que o Daniel comentou sobre restaurantes fora do seu país é correto. Eu mesma sofro para conseguir boa parte dos temperos (boa parte vem em viagens e através de amigos), só acho que não precisa ser tão cara e pouca. Deveria ser mais como um restaurante chinês de qualidade.
    Contudo, entendo perfeitamente a proposta da Ocho que aliás é como a culinária peruana é "vendida" no exterior (mesmo caso da japonesa).
    Mesmo em Lima é possível encontrar restaurantes de chefes badalados com esse tipo de proposta.
    Amigos peruanos e argentinos já foram lá e não acharam nada demais. Mas como o Daniel mesmo disse, gosto é gosto, e eu prefiro os pratos mais próximos do tradicional... ^^

    ResponderExcluir
  11. Passei minha infância no Peru, meu pai é Peruano e realmente a Carol tem razão.
    Minha mãe faz um ceviche maravilhoso e uma causa divina!
    Uma sobremesa que me lembra muito o Peru, são os turrones...
    Bjks!

    ResponderExcluir

Os comentários no Mastigando em Salvador são muito bem vindos, mas deverão passar por um processo de moderação prévia. Para conhecer os critérios da moderação, consulte a nossa política de comentários, acessando: http://www.mastigandoemsalvador.com.br/p/politica-para-comentarios.html.

Resumidamente, os comentários que poderão ser rejeitados são aqueles que:

- Estejam fora do contexto do objeto da postagem e/ou do blog;
- Utilizem linguagem ofensiva e/ou incompreensível;
- Contenham injúrias, calúnias ou difamações, a respeito de quem quer que seja;
- Demonstrem claramente a intenção, por parte do autor do comentário, de tumultuar e/ou de desarmonizar o clima do blog;
- Contenham propaganda (spam); ou
- Contenham links externos, salvo quando forem fortemente relacionados ao objeto da postagem.

Os comentários publicados NÃO representem a opinião do blog Mastigando em Salvador e da sua equipe, e todo o seu conteúdo é de responsabilidade exclusiva dos seus respectivos autores. Nós não nos responsabilizamos por eles.

Caso tenha alguma dificuldade em fazer um comentário, verifique se está utilizando o navegador MS Internet Explorer. Alguns leitores tem reportado problemas para comentar utilizando este navegador. Esta situação está fora do nosso controle e não pode ser corrigida por nós.

Tecnologia do Blogger.