19 de nov de 2011

[RIP] Restaurante Matsuri [gr]

[ATUALIZAÇÃO]


Este estabelecimento não está mais entre nós. Repouse em paz (R.I.P.).


por Gustavo Romero

Já fazia um bom tempo que eu tinha vontade de ir conhecer o Restaurante Matsuri, mas, como a Catarine não aprecia a culinária japonesa, ainda não tinha sido possível ir até lá. A oportunidade apareceu com um cupom de um site de compras coletivas e não foi desperdiçada!

Restaurante Matsuri

Localização e estacionamento

O Matsuri fica na Vila Gourmet (Parque Costa Azul). Já falamos a respeito deste complexo gastronômico na resenha sobre a Gato Xadrez Pizzeria Gourmet.

Restaurante Matsuri: Vista externa
Vista do Restaurante Matsuri a partir do estacionamento
Ambiente e atendimento

O restaurante se divide em 3 ambientes. O primeiro, aberto, conta com poucas mesas e fica no corredor que dá acesso aos outros dois. Os demais, separados pelo corredor, são fechados e climatizados. O local é bem decorado e razoavelmente sofisticado, mas nos pareceu um pouco escuro demais (essa impressão é reforçada pelos moveis e paredes em tons escuros). Foi bastante difícil obter alguma foto minimamente boa para colocar neste post.

Restaurante Matsuri: Corredor de entrada
O corredor de entrada do Restaurante Matsuri
Restaurante Matsuri: Vista de um dos ambientes internos
A vista de um dos ambientes internos do Restaurante Matsuri
Restaurante Matsuri: Ambiente interno
O ambiente interno do Restaurante Matsuri
Perto da nossa mesa estava instalada uma TV que, na ocasião, transmitia um jogo do EC Bahia. Eu não sei quanto a vocês, mas, eu, se quisesse assistir a um jogo de futebol, iria a um bar com os amigos, e não a um restaurante. Para mim, a refeição deve ser feita num ambiente calmo e silencioso, com, no máximo, uma música ambiente.

A TV também contribuiu para que o atendimento fosse apenas razoável. Nitidamente os garçons estavam pouco focados no trabalho e mais interessados em acompanhar o jogo. Chegou a ser engraçado quando, em alguns momentos, quase todos eles ficavam em frente à TV e de costas para os clientes.

Comida

Antes de irmos ao restaurante, demos uma olhada no site e nos surpreendemos. Até então, nós acreditávamos que o Matsuri trabalhava apenas com comida japonesa, mas descobrimos que eles reúnem pratos que remetem aos seguintes países: Japão, Sri Lanka, Índia, China, Tailândia, Vietnam.

Chegando lá, ainda que o nosso pedido já estivesse definido pelo cupom, olhamos o cardápio e achamos muito curioso o fato de que, boa parte dos itens descritos no site não constavam no cardápio. 

E por falar no nosso pedido, ele foi um Yakissoba de Carne e Frango para duas pessoas acompanhado de um Combinado com 12 peças.

Começamos com o Combinado, que foi composto de peças de Hot Roll, Acelgamaki, Josimaki (enrolado de Peixe Branco, Rúcula, Tomate Seco e Temperos) e Kenji Cheese (enrolado de Salmão e Arroz, coberto com recheio de Samão, Cream Cheese e Cebolinha). Estava muito saboroso e, por mim, eu trocaria o Yakissoba por outro combinado... :)

Restaurante Matsuri: Combinado de 12 peças
O Combinado de 12 peças do Restaurante Matsuri
Terminado o Combinado, passamos para o Yakissoba de Carne e Frango. O prato que recebemos veio muito bem servido, com comida mais do que suficiente para 2 pessoas. Entretanto, o sabor deixou a desejar. Primeiro, notamos que a quantidade do Macarrão estava muito desproporcional à das Carnes (muito Macarrão para pouca Carne). Em seguida, notamos que o sabor da Carne Bovina não agradou. É difícil explicar; simplesmente o sabor não era bom. Já o da Carne de Frango estava dentro do esperado.

Restaurante Matsuri: Yakissoba de Carne e Frango
O Yakissoba de Carne e Frango do Restaurante Matsuri
Encerramos o jantar pedindo uma Sobremesa, o Crocante de Goiaba Cascão e Queijo Cremoso. O prato é bem apresentado e vem em boa quantidade, acompanhado de uma bola de Sorvete de Creme. Logo que comecei a comer, senti um sabor estranho, lembrando gosto de gás. Comentei com a Catarine, que disse que não percebeu nenhum sabor diferente. Mas, quando ela começou a mastigar o segundo pedaço, também percebeu o gosto de gás, fazendo com que a Sobremesa ficasse de lado.

Restaurante Matsuri: Crocante de Goiaba Cascão e Queijo Cremoso
O Crocante de Goiaba Cascão e Queijo Cremoso do Restaurante Matsuri
Imadiatamente pedi para falar com o maitre que, muito educadamente pediu desculpas e ofereceu uma nova Sobremesa, oferta esta que foi recusada por nós.

Depois que pedimos a conta, verifiquei que a Sobremesa não foi cobrada. Esclareci ao garçom que a nossa reclamação foi a título de alerta, e não para deixarmos de pagar pelo prato. O garçom nos tranquilizou e disse que já tinha recebido outras reclamações semelhantes à nossa em relação àquela sobremesa. Disse não saber o motivo pelo qual o gosto de gás aparecia e que isso só ocorria com aquela sobremesa específica. É mole?

Preço

Caso a nossa visita tivesse ocorrido sem o subsídio do cupom do site de compras coletivas, teríamos pago R$ 27,90 pelo combinado, R$ 32,90 pelo Yakissoba e R$ 9,80 pela Sobremesa. São valores que estão dentro da realidade de mercado.

O restaurante também oferece a opção do Rodízio de Sushis e Sashimis, que sai por R$ 60,00, um pouco caro em nossa opinião (existem algumas opções mais em conta e de ótima qualidade).

Conclusão

Sempre ouvimos falar muito bem do Matsuri, mas a nossa experiência lamentavelmente não foi das melhores. Esperamos que tenha sido um caso isolado e que outros clientes que forem mastigar por lá possam desfrutar de uma aventura gastronômica mais gratificante do que a nossa!

Serviço

Restaurante Matsuri
Rua Adelaide Fernandes da Costa, s/nº
Villa Gourmet - Parque Costa Azul - Costa Azul
(71) 3533-3666
http://www.restaurantematsuri.com.br

10 comentários:

  1. conheço o espaço e a verdade é que me agrada bastante a cantina cortile, vila maria e maturi sempre foraum lugares coringas para sair com os amigos esta bem localizado proximo a bares e discotecas que na epoca que morava em ssa, era bem mais nova e costumava frequantar... normalmente pediamos rodizio e tenho que confesar que poucos "rodizios" oferecem a variedade e qualidade do matisuri. mais imagino que pela idade e pelo tipo de grupo e programa naum atentei aos detalhes da tv e afins...
    jessica oliveira

    ResponderExcluir
  2. Eu também acho que a TV dentro de um restaurante como esses, não tem nada haver. Chega até a me revoltar essa atitude do proprietário!!!
    Eu fico me perguntando se as pessoas não sabem mais viver sem televisão!
    Eu não teria comido o yakissoba, com o sabor que a carne bovina tinha. Poderia ter sido uma carne em início de decomposição.
    Sobremesa com gosto de gáz? Aff, espero que vocês estejam bem!
    Um abraço para meus guerreiros mastigadores preferidos :)
    Queila

    ResponderExcluir
  3. Gourmet e Gourmand, nós estamos bem! Rsrsrs!
    O sabor da carne bovina não estava bom mas ficamos com a sensação de que era algo relacionado com o tempero, e não com questões de conservação. É tanto que nenhum de nós sentimos nada depois do jantar.
    Eu acho mais grave a questão da sobremesa, até por ser reincidente, segundo o garçom.
    Obrigado pelos elogios!

    ResponderExcluir
  4. Isso do jogo da Bahia foi uó mesmo, nunca vi.. sempre fui no Matsuri e no máximo passam clipes de música na TV. Eu gosto muito do rodízio de lá.

    ResponderExcluir
  5. Costumava ir no Matsuri, mas hoje prefiro o Sushi Deli, que tem um rodizio muito bom e bem mais barato!

    ResponderExcluir
  6. Fala, Gustavo!

    Comente uma vez sobre o ZURCA (Jaguaribe) e você citou seu blog. Gostei da forma com que você descreve suas experiências: com a maior imparcialidade e clareza possíveis.

    Sobre o Matsuri. Eu ia à época em que o buffet livre era R$ 28 (isso mesmo, vinte e oito reais). E era delicioso e entupido. Depois o rodízio aumentou consideravelmente e eu fui tentar o "à la carte" com amigos. O atendimento foi péssimo e desisti de voltar lá. Prefiro ir a alguma temakeria maior (que dá ares de restaurante, como o Yohei, Toko) e ao Shiro (melhor japa de Salvador, sempre com atendimento impecável).

    Abraços,

    André

    ResponderExcluir
  7. Já gostei mais do Matsuri... hoje em dia acho que realmente não vale a pena! Bj

    ResponderExcluir
  8. André, que bom que gostou da proposta do blog! Espero que se torne leitor habitual!
    É realmente uma pena que o Matsuri tenha diminuído a qualidade, não é? Em breve publicaremos mais dicas da culinária japonesa!

    ResponderExcluir

Os comentários no Mastigando em Salvador são muito bem vindos, mas deverão passar por um processo de moderação prévia. Para conhecer os critérios da moderação, consulte a nossa política de comentários, acessando: http://www.mastigandoemsalvador.com.br/p/politica-para-comentarios.html.

Resumidamente, os comentários que poderão ser rejeitados são aqueles que:

- Estejam fora do contexto do objeto da postagem e/ou do blog;
- Utilizem linguagem ofensiva e/ou incompreensível;
- Contenham injúrias, calúnias ou difamações, a respeito de quem quer que seja;
- Demonstrem claramente a intenção, por parte do autor do comentário, de tumultuar e/ou de desarmonizar o clima do blog;
- Contenham propaganda (spam); ou
- Contenham links externos, salvo quando forem fortemente relacionados ao objeto da postagem.

Os comentários publicados NÃO representem a opinião do blog Mastigando em Salvador e da sua equipe, e todo o seu conteúdo é de responsabilidade exclusiva dos seus respectivos autores. Nós não nos responsabilizamos por eles.

Caso tenha alguma dificuldade em fazer um comentário, verifique se está utilizando o navegador MS Internet Explorer. Alguns leitores tem reportado problemas para comentar utilizando este navegador. Esta situação está fora do nosso controle e não pode ser corrigida por nós.

Tecnologia do Blogger.